Anjos, Espiritas - Mensagens, Estudo do Espiritismo, Mensagens

Orixás são Anjos?

anjosorixas

 

Anjos teologicamente são mensageiros de Deus; Orixás, teologicamente, são divindades de Deus.  Qual a diferença entre um mensageiro e uma divindade?

Ambos foram criados pelo Senhor Supremo, ambos estão entre o homem e o Criador; o que muda entre um e outro é o conceito.

Anjos de forma ortodoxa estão inseridos na cultura judaica, católica e islâmica que não aceitam a existência de outra divindade além do Deus Único. Orixás vêm da cultura africana Nagô-Yorubá onde são divindades criadas a partir de Olorum (Senhor do Céu) que é o Deus Supremo acima de Tudo e de Todos.

Orixás são adorados em sua cultura. Anjos são venerados, são chamados e não adorados.  Orixás têm vontade própria. Anjos não têm vontade própria no Judaísmo e passam a tê-la no Catolicismo.

Assim como os Orixás, cada Anjo têm sua qualidade:

– Rafael é o Anjo da Cura; Obaluayê é o Orixá da Cura.

– Miguel (Mikael) é o Arcanjo chefe das milícias celestes; Ogum é o Orixá chefe dos exércitos de Aruanda.

– Gabriel, o herói de Deus, é o Anjo da Piedade e Anunciação; Oxalá também é Orixá da Piedade e traz a mensagem do Alto.

A Igreja Católica só aceita estes três anjos (Rafael, Miguel e Gabriel), mas no Judaísmo podemos continuar encontrando mais Anjos que têm qualidades análogas aos Orixás como:

– Tsadkiel, o Anjo que é mensageiro da Justiça de Deus; Xangô, Orixá da Justiça Divina.

– Samael é o Anjo que traz a punição ou a Morte; Omulu também é o Senhor da Morte.

– Haniel ou Anael é a Graça de Deus como Anjo; Oxum é a Orixá que manifesta a graça, pureza e o amor.

Assim, poderíamos continuar este estudo nos estendendo por muitos outros Anjos e Orixás, no entanto, nosso objetivo é mostrar que Orixás são como Anjos, para Deus e para nós: as diferenças são poucas, pois ambos são manifestadores do sagrado e do divino.

As diferenças são muito mais culturais, pois quando pensamos em Anjo imaginamos aquele anjinho loiro de olhos claros e quando pensamos em Orixás imaginamos um negro forte ou uma negra sensual. Mas não haverá Anjo de pele negra ou Orixá de pele branca, como a imagem de Iemanjá consagrada pela Umbanda.

A questão é que tanto Anjos quanto Orixás estão muito acima da cor de pele, raça ou cultura.

Anjos e Orixás estão acima de nós e cada um se mostra dentro de uma teologia especifica. No entanto, Orixás são como Anjos para quem não os conhece e Anjos são como Orixás para quem não os conhece.

Para quem conhece ambos, basta dizer que Eles foram criados em Deus, no seu âmago, e a Ele estão ligados e por Ele intercedem como intermediários da Criação.  Basta nos permitirmos conhecer de cabeça aberta, não para misturar e sim para entender que os valores de uma cultura não diminui os valores de outra e o que é sagrado sempre o será, pois o sagrado está em Deus.

Que os Anjos e os Orixás nos abençoem aqui, agora e sempre por Deus, Olorum, Zambi, Tupã, Adonai, Ya-Yê e outros nomes mais que possam identificar Aquele que é o Ser Supremo dos “mil” nomes.

 

Por: Alexandre Cumino

Link

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta