Espiritas - Mensagens, Estudo do Espiritismo, Mensagens

10 Conselhos que Recebemos Antes de Encarnar

10conselhos

 

1. Você receberá um corpo. Poderá amá-lo ou odiá-lo, mas ele será seu todo o tempo.

2. Você aprenderá lições. Você está matriculado numa escola informal de tempo integral chamada Vida. A cada dia, terá oportunidade de aprender lições. Você poderá amá-las ou considerá-las idiotas e irrelevantes.

3. Não há erros, apenas lições. O crescimento é um processo de ensaio e erro, de experimentação. Os experimentos ‘mal sucedidos’ são parte do processo, assim como experimentos que, em última análise, funcionam.

4. Cada lição é repetida até ser aprendida. Ela será apresentada a você sob várias formas. Quando você a tiver aprendido, passará para a próxima.

5. Aprender lições é uma tarefa sem fim. Não há nenhuma parte da vida que não contenha lições. Se você está vivo, há lições a serem aprendidas e ensinadas.

6. ‘Lá’ só será melhor que ‘aqui’ quando o seu ‘lá’ se tornar um ‘aqui’. Você simplesmente terá um outro ‘lá’ que novamente parecerá melhor que ‘aqui’.

7. Os outros são apenas espelhos de você. Você não pode amar ou odiar alguma coisa em outra pessoa, a menos que ela reflita algo que você ame ou deteste em você mesmo.

8. O que você faz da sua vida é problema seu. Você tem todas as ferramentas e recursos de que precisa. O que você faz com eles não é da conta de ninguém. A escolha é sua.

9. As respostas para as questões da vida estão dentro de você. Você só precisa olhar, ouvir e confiar.

10. Você se esquecerá de tudo isso.. e ainda assim, você se lembrará.

 

Autor desconhecido

Espiritas - Mensagens, Mensagens, Mensagens Video

Tudo passa …

issopassa

 

Tudo passa …

Chico Xavier

Todas as coisas na Terra passam. 
Os dias de dificuldade passarão…
Passarão, também, os dias de amargura e solidão.

As dores e as lágrimas passarão.
As frustrações que nos fazem chorar… Um dia passarão.

A saudade do ser querido que está longe, passará.

Os dias de tristeza…
Dias de felicidade…
São lições necessárias que, na Terra, passam, deixando no espírito imortal
as experiências acumuladas.

Se, hoje, para nós, é um desses dias,
repleto de amargura, paremos um instante.
Elevemos o pensamento ao Alto
e busquemos a voz suave da Mãe amorosa,
a nos dizer carinhosamente: ‘isto também passará’

E guardemos a certeza pelas próprias dificuldades já superadas que não há mal que dure para sempre,
semelhante a enorme embarcação que, às vezes, parece que vai soçobrar diante das turbulências de gigantescas ondas.

Mas isso também passará porque Jesus está no leme dessa Nau
e segue com o olhar sereno de quem guarda a certeza de que a
agitação faz parte do roteiro evolutivo da Humanidade
e que um dia também passará.

Ele sabe que a Terra chegará a porto seguro
porque essa é a sua destinação.

Assim, façamos a nossa parte o melhor que pudermos,
sem esmorecimento e confiemos em Deus,
aproveitando cada segundo, cada minuto que, por certo, também passará.

Tudo passa…
exceto Deus.

Deus é o suficiente!

Espiritas - Mensagens, Mensagens

Aquisição da Consciência

12342809_1008240649237482_1116208349647094833_n

O momento da conscientização isto é, o instante a partir do qual consegues discernir com acerto, usando como parâmetro o equilíbrio, alcanças o ponto elevado na condição de ser humano.

Efeito natural do processo evolutivo, essa conquista te permitirá avaliar fatores profundos como o bem e o mal, o certo e o errado, e o dever e a irresponsabilidade, a honra e o desar, o nobre e o vulgar, o lícito e o irregular, a liberdade e a libertinagem.

Trabalhando dados não palpáveis, saberás selecionar os fenômenos existenciais e as ocorrências, tornando tuas diretrizes de segurança aquelas que proporcionam bem-estar, respeito, harmonia, progresso moral, tranqüilidade.

Essa consciência não é de natureza intelectual, atividade dos mecanismos cerebrais. É a força que os propele, porque nascida nas experiências evolutivas, a exteriorizar-se em forma de ações.

Encontramo-la em pessoas incultas intelectualmente, e ausente em outras, portadoras de conhecimentos acadêmicos.

Se analisarmos a conduta de uma especialista em problemas respiratórios, que conhece intelectualmente os danos provocados pelo tabagismo, pelo alcoolismo e por outras drogas, e que, apesar disso, usa, ele próprio, qualquer um desses flagelos, eis que ainda não logrou a conquista da consciência. Os seus dados culturais são frágeis de tal forma, que não dispões de valor para fomentar uma conduta saudável.
Outros indivíduos, não obstante sem conhecimento intelectual, possuem lucidez para agir diante dos desafios da existência, elegendo o comportamento não agressivo e digno, mesmo que a contributo de sacrifício.

A consciência pode ser treinada mediante o exercício dos valores
morais elevados, que objetivam o bem do próximo, por conseqüência, o próprio bem.

O esforço para adquirir hábitos saudáveis conduz à conscientização dos deveres e às responsabilidades pertinentes à vida.

Herdeiro de si mesmo, das experiências transatas, o ser evolui por etapas, adquirindo novos recursos, corrigindo erros anteriores, somando conquistas.

Jamais retrocede nesse processo, mesmo quando, aparentemente, reencarna dentro das paredes de enfermidade limitadora, que bloqueiam o corpo, a mente ou a emoção, gerando tormentos.

Os logros evolutivos permanecem adormecidos para futuros cometimentos, quando assomarão, lúcidos.

A aquisição da consciência é desafio da vida é o autoconhecimento, que merece exame, consideração e trabalho.

A tua existência terrena pode ser considerada uma empresa que deves dirigir de forma segura, a mais cuidadosa possível.

Terás que trabalhar dados concretos e outros mais abstratos, na área da programação de atividades, e fim de conseguires êxito. Todo emprenho e devotamento se transformarão em mecanismos de lucro, a que sempre poderás recorrer durante as situações difíceis.

Algumas breves regras ajudar-te-ão no desemprenho do empreendimento, tais:

. administra os teus conflitos. O conflito psicológico é inerente à
natureza humana e todos o sofrem;

. evita eleger homens-modelos para seguires. eles também são vulneráveis às injunções que experimentas, e, às vezes, comprometem-se, o que, de maneira alguma deve constituir desestímulo;

. concede-te maior dose de confiança nos teus valores, honrando-te com o esforço para melhorar sempre e sem desânimo. Se erras, repete a ação, e se acertas, segue adiante;

. não te evadas ao enfrentamento de problemas usando expedientes falsos,comprometedores, que te surpreenderão mais tarde com dependências infelizes;

. reage à depressão, trabalhando sem autopiedade nem acomodação preguiçosa;

. tem em mente que os teus não são os piores problemas, eles pesam o volume que lhes emprestas;

. libera-te da queixa pessimista e medita mais nas fórmulas para perseverar e produzir;

. nunca cedas espaço à hora vazia, que se preenche de tédio, mal-estar ou perturbação;

. o que faças, faze-o bem, com dedicação;

. lembra-te que és humano e o processo de conscientização é lento, que adquirirás segurança e lucidez através da ação contínua.
Interessado em decifrar os enigmas do comportamento humano, Allan Kardec indagou aos Benfeitores e Guias da Humanidade, conforme se lê em O Livro dos Espíritos, na questão número 621:
– Onde está escrita a lei de Deus?
– Na consciência. – Responderam com sabedoria.

A consciência é o estágio elevado que deves adquirir, a fim de seguires no rumo da angelitude.
[Joanna de Ângelis]
[Divaldo Franco]
[Momentos de Consciência]
[Editora LEAL]

Espiritas - Mensagens, Mensagens

Caridade para Conosco … Emmanuel

10888929_896111367079384_1186979074481884573_n

Não nos esqueçamos de que há também uma caridade que devemos a nós mesmos, a fim de que a caridade que venhamos a praticar, à frente do mundo, não se reduza a mera atitude de superfície.

Caridade que nos eduque no espírito do Senhor, cuja Doutrina de luz abraçamos com o pensamento e com os lábios e que, pouco a pouco, nos cabe esposar com toda a alma e coração.

Para exercê-la é preciso que saibamos:-

– perdoar as falhas alheias sem desculpar-nos;
– cooperar nas boas obras sem aguardar a colaboração do companheiro;
– ajudar aos que nos cercam sem esperar que nos retribuam;
– dar do que temos e detemos sem cobrar o imposto da gratidão;
– iluminar o caminho que nos é próprio, aprendendo a vencer as sombras que ainda se nos adensem ao redor;
– calar para que os outros falem;
– defender os outros, sem procurar defender-nos;
– humilharmo-nos, sem pedir que os outros se humilhem;
– reconhecer nossas falhas e corrigi-las;
– servir sem recompensa, nem mesmo o da compreensão que nos remunera com o salário do reconforto;
– trabalhar incessantemente,sem aguardar aguilhões que nos constranjam ao desempenho dos deveres que nos competem;
– sentir no irmão de experiência necessidades e dores iguais às nossas, para que a vaidade não nos induza à cegueira;
– considerar a bondade constante do Senhor que opera sempre o melhor, em nosso benefício, e cultivar o reconhecimento a Ele, através do sacrifício, em favor daqueles que nos rodeiam.

Aperfeiçoarmo-nos por dentro é ajudar por fora com mais segurança e como salvar significa recuperar com finalidades justas no trabalho comum, assim como oferecemos mão forte à árvore a fim de que ela cresça, frondeje e produza para o bem de todos, salvando-se da inutilidade, também o Senhor nos aprimoremos, transformando-nos em instrumentos vivos de seu Infinito Amor, onde estivermos.

Emmanuel – Livro Atenção Psicografia Chico Xavier

Espiritas - Mensagens, Estudo do Espiritismo, Mensagens

O Poder do Pensamento – Somos Energia !!!

poder pensamento energia

 

O maior instrumento de poder de que se tem notícia se encontra dentro de nós: o nosso pensamento.
Como a eletricidade, o pensamento produz resultados de acordo com o uso que se faz dele.
O fato é que estamos continuamente interagindo com o cosmos, emitindo e recebendo vibrações, e assim, criando as experiências que vivemos.
Ao tomar consciência do poder do pensamento, conquistamos a chave para abrir as portas que levam à realização dos nossos desejos mais profundos.
Depois de Einstein e da física quântica, não há como negar que, em essência,

Somos Energia !!!

É essa energia se consubstancia na matéria, transformando-se em corpo, mente, emoção.
pensamentoinfluencia
Se temos bons pensamentos e nos mantemos em sintonia com as correntes vibratórias carregadas de energia positiva, nos tornamos capazes de realizar as ações que nos levarão à felicidade.
Os pensamentos nos fazem sentir emoções variadas. Essas emoções, por sua vez, influenciam a nossa mente, o nosso organismo e a nossa saúde, ajudando a nos manter saudáveis e bem dispostos, quando são positivas, dependendo do cuidado que temos com aquilo que abrigamos em nossas mentes.
Assim, se queremos ter relacionamentos amorosos felizes, o primeiro cuidado a ser adotado é em relação aos nossos pensamentos.
A lei da sintonia, como toda lei espiritual, pode não ser aceita ou compreendida,
mas nem por isso deixa de produzir efeitos.
Assim como a gravidade atrai os corpos para o centro da Terra, os nossos pensamentos têm o poder de atrair para nós aquelas realidades que desejamos viver. É necessário reconhecer as próprias qualidades e a potencialidade que trazemos dentro de nós e que nos torna capazes de crescer, aprender e avançar.
Só é possível dar aquilo que se possui.

Apenas quem é capaz de se amar e de se valorizar pode amar e valorizar o outro.
O caminho para uma boa autoestima está em cultivar bons pensamentos e ter em mente que eles são a nossa companhia mais constante.
Temos a opção de escolher, a cada momento, o que abrigamos em nossas mentes.
Com atenção, esforço e responsabilidade é possível detectar um pensamento menos bom na sua origem, e substituí-lo por outro que irá produzir resultados positivos.
O Universo funciona como um espelho e tudo aquilo que transmitimos, retorna para nós amplificado.

 

Jael K.Coaracy em: O Poder do Pensamento

Espiritas - Mensagens, Mensagens

Pais e filhos e o Espiritismo

paisfilhos

 

O estudo do Espiritismo demonstra que a Lei de causa e efeito promove a oportunidade de reajuste sempre que a harmonia entre espíritos é quebrada. Muitos pais e filhos estão ligados por fortes laços do passado.

Você compreende seus pais? Não sei se algum outro vínculo afetivo exige tanta compreensão como em relação a nosso pai e mãe. Cada relação precisa de uma determinada qualidade obrigatória para a sua manutenção. Na relação conjugal é a tolerância, na relação entre irmãos o respeito, e por aí vai. Tudo pautado pelo amor, claro.

Mas compreender os pais é algo que devemos fazer, mais cedo ou mais tarde. Ter filhos ou não quase sempre é uma escolha, mas pai e mãe é compulsório. Se os escolhemos, foi antes de reencarnarmos, e sabe-se lá porque voltamos pra cá como filhos deles…

Filhos não vêm com manual de instruções. Não se aprende na escola ou na faculdade como educar filhos. É tudo na prática. Para quem recebe como filho um espírito amigo, parceiro de muitas vidas, o entendimento, a simpatia, os laços de amor facilitam a vida de todos. Mas isso não ocorre como um privilégio de uns poucos escolhidos. Isso ocorre por merecimento, por amadurecimento espiritual e objetivos nobres unindo pais e filhos.

No nosso estágio evolutivo, ainda é muito mais comum que recebamos como filhos antigos desafetos, velhos conhecidos com quem temos ajustes a fazer, companheiros de outras jornadas com quem contraímos dívidas, originadas de crimes e erros de toda espécie. A sabedoria infinita da Natureza faz com que recebamos às vezes um adversário ferrenho sob o disfarce irreconhecível de um bebê frágil e delicado, inspirando cuidados e carinhos.

A Lei de causa e efeito promove a oportunidade de reajuste sempre que a harmonia entre espíritos é quebrada. Cada vez que a harmonia entre dois ou mais espíritos for interrompida, a Lei de causa e efeito reconduz os partícipes dessa desarmonia para uma nova chance, para uma nova tentativa de fraternidade. E a forma mais eficaz dessa fraternidade acontecer talvez seja a convivência no mesmo lar, os laços fortes que unem mãe, pai, filhos.

Não é fácil ser mãe. Não é fácil ser pai. Não é fácil ser filho. Mas não estamos neste planeta pra achar facilidades. Aqui aprendemos a ser fortes, aprendemos a ser disciplinados, aprendemos a controlar nossos pensamentos, aprendemos a amar. Muitas mães e pais se cobram pelos erros que cometeram na criação de seus filhos. Mas essa cobrança, essa percepção do erro só vem com a experiência. Quando os erros foram cometidos, pareciam acertos. A esmagadora maioria das mães e dos pais deu o melhor de si mesma para os filhos, fizeram o que estava ao seu alcance.

É muito fácil perceber um erro depois que somos experimentados no assunto. Mas quando ele acontece é só mais um fato, mais uma ocorrência, mais uma tentativa de acerto. É bom se cobrar. É sinal de maturidade, é demonstração de busca de aperfeiçoamento, de reforma íntima. Mas essa cobrança interna não precisa gerar sofrimento. A única utilidade do sofrimento é alertar que houve um desvio da rota, que o caminho precisa ser corrigido.

Hoje se fala muito em crianças índigo. Busquei alguma coisa na literatura anos atrás, quando me deparei com o assunto, mas confesso que não formei opinião a respeito. Todos os autores se referem às crianças índigo como crianças especiais, que precisam de cuidados especiais. Não sei se é assim ou se não é assim. Mas se todos cuidassem de seus filhos como se fossem crianças índigo, se toda mãe e todo pai seguisse a orientação que se dá para lidar com as crianças índigo, todos os filhos seriam especiais. Filhos não vêm com manual de instruções. Mas as recomendações de como lidar e educar as crianças índigo deveriam ser seguidas em relação a toda e qualquer criança, índigo ou não. Seriam cometidos menos erros, haveria menos cobranças internas e aumentaria a compreensão dos filhos em relação aos pais.

Morel Felipe Wilkon

 

Link

Espiritas - Mensagens, Mensagens

Mães …

10501751_1668135863421574_1192471056594046367_n

Diz uma lenda que o dia em que o bom Deus criou as mães, um mensageiro se acercou Dele e Lhe perguntou o porquê de tanto zelo com aquela criação.

Em quê, afinal de contas, ela era tão especial?

O bondoso e paciente Pai de todos nós lhe explicou que aquela mulher teria o papel de mãe, pelo que merecia especial cuidado.

Ela deveria ter um beijo que tivesse o dom de curar qualquer coisa, desde leves machucados até namoro terminado.

Deveria ser dotada de mãos hábeis e ligeiras que agissem depressa preparando o lanche do filho, enquanto mexesse nas panelas para que o almoço não queimasse.

Que tivesse noções básicas de enfermagem e fosse catedrática em medicina da alma. Que aplicasse curativos nos ferimentos do corpo e colocasse bálsamo nas chagas da alma ferida e magoada.

Mãos que soubessem acarinhar, mas que fossem firmes para transmitir segurança ao filho de passos vacilantes. Mãos que soubessem transformar um pedaço de tecido, quase insignificante, numa roupa especial para a festinha da escola.

Por ser mãe deveria ser dotada de muitos pares de olhos. Um par para ver através de portas fechadas, para aqueles momentos em que se perguntasse o que é que as crianças estão tramando no quarto fechado.

Outro par para ver o que não deveria, mas precisa saber e, naturalmente, olhos normais para fitar com doçura uma criança em apuros e lhe dizer: Eu te compreendo. Não tenhas medo. Eu te amo, mesmo sem dizer nenhuma palavra.

O modelo de mãe deveria ser dotado ainda da capacidade de convencer uma criança de nove anos a tomar banho, uma de cinco a escovar os dentes e dormir, quando está na hora.

Um modelo delicado, com certeza, mas resistente, capaz de resistir ao vendaval da adversidade e proteger os filhos.

De superar a própria enfermidade em benefício dos seus amados e de alimentar uma família com o pão do amor.

Uma mulher com capacidade de pensar e fazer acordos com as mais diversas faixas de idade.

Uma mulher com capacidade de derramar lágrimas de saudade e de dor mas, ainda assim, insistir para que o filho parta em busca do que lhe constitua a felicidade ou signifique seu progresso maior.

Uma mulher com lágrimas especiais para os dias da alegria e os da tristeza, para as horas de desapontamento e de solidão.

Uma mulher de lábios ternos, que soubesse cantar canções de ninar para os bebês e tivesse sempre as palavras certas para o filho arrependido pelas tolices feitas.

Lábios que soubessem falar de Deus, do Universo e do amor. Que cantassem poemas de exaltação à beleza da paisagem e aos encantos da vida.

Uma mulher. Uma mãe.

* * *

Ser mãe é missão de graves responsabilidades e de subida honra. É gozar do privilégio de receber nos braços Espíritos do Senhor e conduzi-los ao bem.

Enquanto haja mães na Terra, Deus estará abençoando o homem com a oportunidade de alcançar a meta da perfeição que lhe cabe, porque a mãe é a mão que conduz, o anjo que vela, a mulher que ora, na esperança de que os seus filhos alcancem felicidade e paz.

Redação do Momento Espírita.
Disponível no cd Momento Espírita, v. 5 e no livro Momento Espírita v. 1, ed. Fep.
Em 19.10.2011.

Espiritas - Mensagens, Mensagens

A Missão dos Pais NÃO é Fazer Filhos Felizes

filhosfelizes

 

Dois dos maiores erros da educação de filhos na atualidade é, primeiro, transmitir a ideia de que felicidade é um direito, e, segundo, que a função dos pais é facilitar o caminho dos filhos para serem felizes, algo muito arriscado para boa parte dos jovens da atualidade.

Você pode desejar a felicidade dos seus filhos, mas nos seus planos não transmita a eles a ideia de que a tarefa pertence aos pais. Felicidade é algo pessoal, intransferível e é uma conquista. Sim, uma conquista que exige esforço, trilha individual e persistência nas conquistas dos recursos íntimos e externos para alcança-la.

Oferecer a seu filho as melhores condições sociais, religiosas, materiais e intelectuais não é nenhuma garantia de felicidade. São apenas condições que podem ou não serem usadas pelos filhos para que construam, eles próprios, o melhor para suas vidas.

Cada filho é uma alma, com uma necessidade especifica e com um mapa de evolução pessoal. Um projeto de vida único e inviolável. Discernir o melhor para cada filho é um desafio. Por essa razão, você que é pai, mãe ou educador comece a pensar que seus planos não garantem felicidade e que, a qualquer momento da caminhada com seus filhos, é apropriado repensar posturas, anseios e expectativas. Do contrário, você corre um enorme risco de cair na frustração e na culpa, principais sentimentos que os genitores sentem ao verificar que seu filho não se encontra bem.

A tarefa dos pais não constitui em moldar seus filhos para aquilo que você acredita que vai fazê-los feliz. Muitas vezes esses critérios servem para você e não para eles.

Temos hoje uma geração de pais que passaram todo tipo de dificuldade e não querem que seus filhos se frustrem. Isso é um equívoco. Frustração é fundamental.

Se você pode facilitar a vida de seu filho de alguma forma faça isso, mas acompanhe o nível de responsabilidade dele com o que você oferece. Se isso não está sendo bem usado, coloque limite ou penalize com a retirada dessa facilidade.

Não é tarefa dos pais construir a realização de seus filhos. Aliás isso não existe nas leis divinas. Isso é mais uma das ilusões sobre amor. Só podemos trabalhar com liberdade total pela nossa própria felicidade. E quanto à dos outros apenas podemos contribuir, incentivar e orientar. Você como pai e mãe pode colaborar com educação, apoio e luz para que eles construam essa tão almejada meta em suas vidas com esforço próprio. Apenas colaborar. Essa é sua missão.

Felicidade é algo intransferível e particular, repito. É uma questão de merecimento individual e os pais não podem, absolutamente, serem tão onipotentes ao ponto de supor que um filho infeliz ou feliz tenha uma relação direta e exclusiva com a forma pela qual ele foi educado. Muitos se afundam na dor e na ilusão porque tem lutas íntimas pertinentes a eles mesmos e a educação no lar, mesmo guardando certo nível de influência não pode responder 100% por tais lutas. Se seus filhos são felizes, uma pequena parte disso tem relação com a conduta dos pais. Se são filhos infelizes, da mesma forma, uma parcela limitada dessa infelicidade pode ser em função das questões inerentes ao lar.

Fala-se muito na importância da família na modelação do caráter e isso é mesmo verdade, mas não de forma tão ampla como se acredita, a tal ponto de produzir uma geração de pais que sofreram horrores por pensar “onde foi que errei”.

Até para exercer com equilíbrio e sanidade a função de pais é necessário autoamor e postura, remédios sagrados para filhos que costumam abusar do sentimento de culpa de muitos genitores, tornando-os reféns emocionais em relações de desrespeito e co-dependência. Pais que se amam não aceitam as chantagens e explorações dessa geração egoísta de filhos que nasceu de uns 25 anos para cá. Haja preparo!

Quando os pais me encaminham seus filhos-problemas para terapia, muito provavelmente vão ouvir: venham vocês primeiro, depois vamos ver o que pode ser feito pelos filhos. Quase sempre, ensinando aos pais como dizer um NÃO aos filhos, ampliam as possibilidades do amor florescer na família.

Pais felizes têm melhores chances de iluminar seus filhos e prestarem uma colaboração efetiva para que eles, por si mesmos, trabalhem pela própria felicidade.

 

Wanderley Oliveira

Espiritas - Mensagens, Estudo do Espiritismo, Mensagens Video

Homossexuais e Doação de Sangue – Visão Espírita

Health insurance or love concept

 

 

O Novo Testamento diz que “Deus é Amor”. Para nos elevar espiritualmente, é preciso praticar sempre o bem, cultivando o amor nas terras áridas do nosso interior.

Paulo afirmou com muita propriedade: “Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência, ainda que eu tenha tamanha fé a ponto de transportar montes, se não tiver caridade (amor em ação) nada serei” (1º Co. 13:2).

O Cristo ressaltou que o óbolo da viúva foi ofertado com seu próprio sacrifício, já que sua dádiva foi retirada do seu sustento e lhe faria falta (Lucas 21:4). O Mestre reafirmou que o bem que façamos a outrem deve ser realizado em segredo, isto é, sem ostentação: “Quando derdes esmola, não saiba a vossa mão esquerda o que faz a vossa mão direita (Mateus 6:4). Jesus também considerou que, além de amarmos o Pai, deveríamos amar o nosso próximo, assim como a nós mesmos (Mateus 22:38-39).

A doação de sangue está claramente contida nesses ensinamentos crísticos.

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...